Liderança na contemporaneidade

- Líderes Empresariais - May 01, 2014
Escrito por Cleber Andriotti Castro*
 
Vivemos atualmente sob a influência de rápidas mudanças. O ambiente é de total imprevisibilidade e as organizações apresentam problemáticas cada vez mais complexas. Essas mudanças provocam efeitos substanciais na sociedade e, por consequência, implicam transformações profundas nos modos de liderança. As formas tradicionais de administração tornam-se improdutivas e ultrapassadas, havendo a necessidade constante de inovação e adaptabilidade.
 
Os líderes estão sendo examinados como nunca. Hoje em dia, os funcionários passaram a desafiar e questionar a autoridade de um líder, o que não ocorria de forma tão expressiva no passado. Sendo assim, a liderança contemporânea deve ser baseada pela influência e não mais somente pela autoridade como antes acontecia. Mas conquistar credibilidade, junto a seus seguidores, é um fator muito difícil de ser conquistado.
 
Um líder deve buscar ser respeitado e não somente ser obedecido. Ele deve procurar construir sua credibilidade não por meio de demonstrações desnecessárias de poder e competência superior, mas sim, sabendo aproveitar diferentes posicionamentos e ideias que emergem de seus liderados. Verdadeiros guias são seguidos naturalmente. 
 
 
Identificação com a empresa e a equipe
 
Um dos requisitos fundamentais para que hoje alguém atinja a posição de líder de um determinado grupo é, sem dúvida, não somente o conhecimento das atividades empresariais, mas também a sua identificação com os elementos culturais de sua equipe e da própria empresa. Para entender bem a cultura de uma organização, o líder precisa conhecer a fundo a história da entidade, por quais e diferentes executivos já foi dirigida, em quais épocas foram enfrentados os desafios maiores e, aos poucos, tentar redirecionar a organização para uma nova cultura ou para uma nova versão da cultura já existente. Não há como querer mudar, de uma hora para outra, um processo cultural já implantado, ao longo de anos, na mentalidade dos componentes da instituição.
 
Um líder precisa ser visionário. Imaginar o futuro, fundamentado em tendências, é uma maneira de se observar o modo como o mundo se transforma e, como essas novas configurações mundiais podem refletir em pontos positivos para o trabalho da equipe e para as atividades da organização. 
 
 
Colaboração mútua
 
O líder expõe as diretrizes a serem assumidas e sinaliza a direção a ser seguida (com ou sem o apoio do grupo de acordo com o perfil de cada líder), porém atualmente, os seguidores não aceitam tudo de forma passiva e submissa, mas assumem as tarefas se envolvendo no processo de mudança da empresa. Para que essa confiança seja estabelecida, o líder deve se apresentar de forma aberta e receptiva a novas ideias. Ele deve direcionar sua equipe, mas também permitir ser orientado por seus colaboradores em momentos oportunos. A relação que um guia tem com seus seguidores se parece cada vez menos com um governo, mas sim com uma parceria.
 
O bom líder deseja que seus seguidores consigam atingir bons resultados e cresçam profissionalmente, para tanto, ele propicia condições para que essa evolução bilateral ocorra efetivamente.  Quanto mais eficaz for o líder no processo de interação com seus colaboradores, mais próximo ele estará de conseguir que sua equipe possa atuar de maneira mais produtiva. 
 
 
Liderança personalizada
 
A liderança contemporânea trabalha correlacionada com a diversidade de pessoas e, nesse contexto, para cada tipo de seguidor, o líder precisa atuar (liderar) de maneira distinta. É preciso compreender que cada pessoa é única. Achar que os colaboradores devem se adaptar ao estilo do líder é um erro muito comum. O líder eficaz é aquele que conhece os pontos fortes e fracos de cada membro de seu time. Assim, aloca-os nas funções que melhor desempenham e cuida para que desenvolvam seus pontos fracos. Exercer um estilo de liderança para cada pessoa também faz com que as motivações individuais sejam estimuladas e que, assim, sejam maiores as chances de se extrair da equipe o que ela tem de melhor. 
Mais do que cuidar da equipe, um gestor bem sucedido deve personalizar o jeito de delegar tarefas e cobrar resultados.  Conhecer e reconhecer a individualidade das pessoas é o ponto de partida para uma liderança eficaz. Primeiro, é preciso avaliar o perfil dos funcionários e, de acordo com essa avaliação, desenvolver uma abordagem de liderança para cada perfil, definindo as ações adequadas para cada um.
 
 
Líder à distância e referencialidade
 
Atualmente, existe ainda o gerenciamento virtual, que consiste em liderar pessoas que não estão fisicamente presentes na corporação e que, por isso, não podem ser controladas ou lideradas em todos os aspectos. Esse tipo de liderança só funciona quando há confiança de ambos os lados: chefe e subordinado. Mais do que nunca, essa confiança precisa ser conquistada. 
 
A tarefa principal de um líder não consiste em fazer todo o trabalho sozinho, mas fazer de seu trabalho um instrumento a ser utilizado pelos seguidores, a fim de que esses consigam realizar suas funções da melhor forma possível. Quando isso acontece com êxito, o líder se torna um referencial para o colaborador.
 
 
Liderança e sociedade
 
Outra grande tendência, é que para se destacarem, os líderes precisam direcionar parcialmente o foco de seus trabalhos para o atendimento de questões sociais e ambientais. O líder contemporâneo precisa ter coragem para quebrar com antigos paradigmas e estar sempre em busca de inovação. Alguém com esse diferencial garante seu lugar no mercado. Todas essas práticas alinham os objetivos da empresa, com as ambições dos colaboradores e as carências sociais.  Um líder precisa trabalhar em prol do avanço e progresso das pessoas e, portanto, da sociedade. Talvez essa seja a melhor definição para o que se espera de um líder na contemporaneidade.
 
* Cleber Castro é sócio/consultor da Andriotti & Castro Consultoria, docente na pós-graduação da FGV, palestrante e autor de diversos artigos. Possui 11 anos de experiência em gestão.

Like what you see! Signup for our weekly newsletter

Comments(0)