Estilo de Vida  

RETROSPECTIVA 2011 - famosos que morreram

Relembre quem nos deixou esse ano
 RETROSPECTIVA 2011 - as tragédias naturais
 
 

Foi um ano de adeus nas artes. O Brasil ficou sem o autor gaúcho Moacyr Scliar, os atores Ítalo Rossi e John Herbert, além as atrizes Wilza Carla e Geórgia Gomide. O carnavalesco Joãozinho Trinta também se foi. Nosso futebol se despediu de Sócrates. O mundo perdeu a atriz  Elizabeth Taylor e a cantora Amy Winehouse. O americano Steve Jobs, fundador da Apple não resistiu ao câncer de pâncreas.

Mas também houve perdas não tão lamentadas. O homem mais procurado do planeta, Osama Bin Laden, líder da organização terrorista Al-Qaeda, morreu em maio, em uma operação conduzida pela CIA, no Paquistão. Mais recentemente, King Jon Il, ditador Norte-Coreano, morreu depois de 17 anos governando o país com mãos de ferro. 

 

Relembre 
 
O autor gaúcho Moacyr Scliar publicou mais de 80 livros em sua carreira, entre eles "O Centauro no Jardim", "Guerra no Bom Fim" e "O Exército de um Homem Só". Além de escritor, Scliar trabalhou como médico especialista em saúde pública e professor universitário.
 
Ítalo Rossi iniciou a carreira no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC). Já no primeiro espetáculo recebeu o prêmio revelação de ator da Associação Brasileira de Críticos Teatrais (ABCT). No teatro, participou do elenco de mais de 400 montagens. Na TV, atuou em diversas novelas pela TV Globo, como "Escrava Isaura", "Senhora do Destino" e "Belíssima".
 
John Herbert  tinha mais de 60 filmes e 40 novelas no currículo, sendo que a última foi "Três Irmãs (2008)”. Foi casado com a atriz Eva Wilma por 21 anos, entre 1955 e 1976. Trabalhou com Oscarito, Paulo Autran, Grande Otelo, entre outros. Se dedicou a vida inteira à carreira artística, mas sua formação é de advogado.
 
O trabalho de maior destaque de Wilza Carla na TV é a personagem Dona Redonda, na novela "Saramandaia", de 1976. Mas, a atriz também ficou conhecida pelo trabalho como vedete, atriz no gênero "pornochanchadas" e jurada de programa de calouros na TV. Teve problemas de saúde como obesidade, diabetes e Mal de Alzheimer.
 
Geórgia Gomide trabalhou em cerca de 60 novelas, passou por emissoras como Cultura, Gazeta, Record, Globo e SBT, além das extintas Tupi, Manchete e Excelsior. Protagonizou o primeiro beijo gay da TV, no teleteatro "Calúnia", em 1963. "Malhação" foi seu último trabalho, em 2005.
 
Joãosinho Trinta  começou sua carreira carnavalesca no Salgueiro, escola de samba carioca, onde foi campeão, como assistente. Já como carnavalesco-solo na escola ganhou o bi-campeonato em 1974 e em 1975. Transferiu-se para a escola de samba Beija-Flor, onde deu seu toque de genialidade com enredos ousados e luxuosos que deram à agremiação nilopolitana os títulos de 1976, 1977, 1978, 1980 e 1983, além de vários vice-campeonatos. Após problemas de saúde transferiu-se para a escola de samba Unidos do Viradouro, onde ganhou o título do carnaval de 1997. 
 
Cantora e compositora britânica, Amy Winehouse despontou em 2006 com o hit "Rehab". Sua carreira meteórica foi marcada por problemas com drogas e álcool, além de um casamento conturbado. Ícone da soul music e da moda, a artista morreu aos 27 anos de idade.
 
Atuando desde os dez anos, a atriz britânica Elizabeth Taylor logo tornou-se rainha das bilheterias das décadas de 1950 e 1960, sendo eternizada pelo papel de Cleópatra. Sua vida pessoal foi marcada por oito casamentos e problemas de saúde e drogas. Considerada uma das últimas divas da antiga Hollywood, a atriz morreu aos 79 anos por problemas cardíacos. 
 


Mais Populares + Populares >>

últimos vídeos + últimos vídeos >>

Estilo de Vida + Estilo de vida >>

Associações + Associações >>

Reportagens + Reportagens >>

Artigos em destaque + Artigos em destaque >>
Top 10 + Top 10 >>