Para se cadastrar, por favor, clique aqui


Eu já tenho uma conta, Vá para o login!

Esqueci a senha

 



Dec 2014

Nov 2014

Oct 2014

Sep 2014

Aug 2014

Jul 2014

Profissoes-.jpg

Email Story!

Let friends in your network know what you are reading about

Top 10 - Profissões em Alta

Já não é mais novidade. A falta de mão de obra especializada no país é um fato. O que está se tornando uma particuaridade são os tipos de...

http://www.businessreviewbrasil.com.br/top10/1363/Top-10-Profissotildees-em-Alta


Top 10 - Profissões em Alta

- Top 10 - Jun 21, 2012

Já não é mais novidade. A falta de mão de obra especializada no país é um fato. O que está se tornando uma particuaridade são os tipos de profissionais que vêm sendo “criados” para atender a demanda do mercado e, mais do que isso, ter o conhecimento e comprometimento com essas novas funções.

A tendência é natural. Uma nova tecnologia é criada, será preciso alguém capacitado para executá-la. Um modelo de negócios antes nunca operado, vai exigir a competência de um candidato específico. A verdade é que a expansão do mercado traz desafios, tanto para a mundo corporativo em se ajustar aos novos padrões, quanto aos responsáveis por executar o serviço. 

O que anda acontecendo é que essa inclinação à trabalhos alternativos, está tornando cada vez mais difícil encontrar alguém apropriado. Quando eles existem, muitas vezes já estão envolvidos com algum projeto. Através de um recente levantamento feito pela EXEC - Consultoria em Recrutamento e Desenvolvimento de Executivos – foram levantadas as indústrias que demandam dos profissionais mais raros no mercado nacional.

 

1.       Setor:  Geração de energia

Gerentes e Engenheiros de obras

A especialização no setor é uma das mais requisitadas. O engenheiro civil com experiência em megaempreendimentos e o engenheiro mecânico – com prática em instalações de turbinas, geradores e todos os outros elementos que involve operações na área de  geração e distibuição de energia – estão cada vez mais difíceis de encontrar.  Além do caráter técnico, esses cargos normalmente exigem o isolamento por um tempo maior devido a localização das obras, o que torna a contratação ainda mais complicada.

2.       Setor: Construção

 Gerentes e Diretores de Incorporação com foco na captação de terrenos

Aqui, além dos serviços dentro das obras, a falta de profissional qualificado é também em relação a procura dos espaços onde serão realizadas essas construções. O olhar clínico para identificar um lugar apropriado – levando em conta ainda a falta de disponibilidade devido a expansão contínua do mercado imobiliário – é a chave do negócio. Além disso, para ter sucesso nos projetos, o diretor de incorporação precisa ter um bom relacionamento com as prefeituras em questão e uma elevada capacidade de negociação.

3.       Setor: Óleo e Gás

Engenheiros e Técnicos para Upstream

Atualmente, o Brasil ocupa a 16ª posição no ranking mundial quanto às reservas de petróleo. Até 2015, devem surgir mais de 50 mil vagas por ano para técnicos na indústria de óleo, gás e energia. O engenheiro responsável pela perfuração de poços (upstream) está cada vez mais valorizado. Levando em consideração ainda o fato de passar muito tempo nas plataformas em alto mar, o perfil desse profissional é de um público mais jovem, ou de candidatos que se comprometam a ficar longos períodos longe de casa.

 

4.       Setor: Agronegócio

Gerentes Agrícolas

Os gerentes agrícolas vêm se destacando no mercado principalmente com as chegada das multinacionais no país. Os números do setor estimam que hoje, cerca de 65% do custo operacional de uma usina é na área agrícola. Basicamente esses profissionais são responsáveis pela proporção custo/benefício, com a incumbência de administrar grandes orçamentos. As funções abrangem desde a seleção das áreas a serem cultivadas, como as espécies que serão produzidas, além da devida atenção referente as condições climáticas.

 

5.       Setor: Tributário

Gerentes de Planejamento Tributário (impostos indiretos)

Os especialistas do setor entendem que o conhecimento sobre Planejamento Tributário é capaz de mudar desde a composição de um produto até a localização de centros de distribuição. A procura pelo candidato com experiência em impostos indiretos é muito grande também devido as cargas tributárias serem uma das mais complexas do mundo. Nesse caso, como as operações envolvem na maioria das vezes empresas internacionais, o profissional além de entender a legislação ao pé da letra, precisa ter inglês fluente.

 

6.       Setor: Tributário

Gerentes de Planejamento Tributário ( internacional outbound)

O contrário acontece aqui. As empresas nacionais que desenvolvem operações no exterior precisam de um gerente de Planejamento Tributário para atuar na estruturação de estudos e planejamento de ações para otimização de carga tributária. Para isso, deve-se conhecer tudo sobre as peculiaridades do sistema tributário dos países destino de modo a auxiliar na economia dos impostos. Também tendo a necessidade do inglês no currículo, normalmente esse candidato traz na bagagem alguma formação e experiência do exterior.

7.       Setor: Tecnologia

 Gerentes de Vendas para América Latina

A globalização das empresas tende a gerar um número cada vez maior de candidatos que tenham experiência nos mercados externos. A América Latina já está se tornando um dos focos principais de investimento das companhias brasileiras, principalmente na indústria de tecnologia. Para esse cargo, além do foco no desenvolvimento de negócios, o candidato deve compreender as características dos países latinos, assim como a cultura e o modelo de gestão, além de é claro, profundo conhecimento do setor de tecnologia e espanhol fluente.  

 

8.       Setor: Tecnologia

 Engenheiros especializados em cloud computing

No Brasil, a tecnologia da computação em nuvem vem crescendo rapidamente aumentando o potencial de mercado de produtos. Para trabalhar com o desenvolvimento de cloud computing, além de programadores, as empresas também precisam desses especialistas que trabalham com implementação e manutenção da estrutura das redes, e ainda devem ter conhecimento referente a configuração e manutenção dos servidores. O uso desse modelo é muito mais viável do que o tradicional de unidade física, portanto, a procura por engenheiros que têm o conhecimento em desenvolver aplicativos para nuvem está em alta.

 

9.       Setor: Tecnologia

Gerentes de Serviços

Dentro da indústria de tecnologia, o comprometimento não se limita somente em “vender” o produto ou serviço. O intercâmbio com o cliente e a troca de informações é que vai ser relevante no final. A experiência em vendas é fundamental e os gerentes de serviços de tecnologia devem assumir o papel de pré e pós-venda como um todo. É também essencial o entendimento dos negócios que o cliente está envolvido no intuito de abrir as possibilidades não só das vendas, mas de poder desenvolver uma abordagem consultiva para customizar a solução do consumidor final.

 

10.   Setor: Educação

Gerentes de Vendas

No ano passado, as aquisições no setor de educação movimentou o mercado brasileiro e a tendência é continuar crescendo. Também com muitas companhias estrangeiras comprando universidades, o governo possui planos de desenvolvimento de programas para implantação e o fortalecimento de conselhos escolares. O que está faltando nesse caso são gestores capacitados para criar esse laço de oportunidades com as instituições governamentais. O profissional precisa conhecer a fundo toda a legislação, o panorama geral da secretaria de educação, além de um vasto conhecimento em comunicação e marketing.

Like what you see! Signup for our weekly newsletter

Comments(0)

ASSOCIATIONS

SINICESP

State of Sao Paulo, Brazil

COMPANIES

BorgWarner Turbo Systems

São Paulo, Brazil

Kepler Weber

São Paulo, Brazil